sexta-feira, 17 de setembro de 2010

"Mostra de Animação com Sotaque Francês"


Em homenagem a nosso colega Aílton, mais uma expressão do "milênio da França no Brasil" que ocorre em Jotaefê.

O projeto Cinemamm do Museu de Arte Murilo Mendes (MAMM) apresentará a partir do próximo dia 19, e em todos os domingos até 31 de outubro, a mostra Matinê no MAMM: Animação com Sotaque Francês.
Em diálogo com o tema das exposições Le sacre moderne: a sagração moderna e Doce França – Recortes da vida privada no Museu Mariano Procópio, em cartaz no MAMM, que abordam a influência da cultura francesa, o Cinemamm reúne produções em língua francesa, realizadas tanto na França quanto em outros países, como Canadá, Bélgica e Portugal.
As sessões acontecerão sempre às 16h, no Museu de Arte Murilo Mendes, na Rua Benjamim Constant, 790, Centro.
Todos os eventos culturais do MAMM têm entrada franca.

Programação:

Au Bout Du Monde (de Konstantin Bronzit – França/ 1999/ 35 mm/ 7min 45seg): O cotidiano de uma família numa choupana no topo de uma montanha. Inúmeras aventuras em 24 horas. Comédia.

Overtime (de Oury Atlan, Thibaut Berland, Damien Ferrié – França/ 2004/ 4min 55seg): Inspirado no cinema noir, um grupo de fantoches manipula a vida um ser humano. Drama crítico. P&B.

História Trágica com Final Feliz (de Regina Pessoa - Canadá, França, Portugal/ 2005/ 7min 20seg): Animação de inspiração expressionista, conta a história de uma menina cujo coração de pássaro batia mais rápido e mais alto do que o das outras pessoas. P&B

Le Portefeuille (de Vincent Bierrewaerts - França, Bélgica/ 2003/ 10min 30seg): Os diferentes destinos de um homem narrados simultaneamente a partir do episódio de uma carteira encontrada na rua.


Outras informações:
Pró-reitoria de Cultura – (32) 2102-3964
Museu de Arte Murilo Mendes – (32) 3229-9070

Um comentário:

Ailton Augusto (in Argentina) disse...

Se o povo da Argentina lê um negócio desses, pensam que eu estou aqui por engano, já que me encanta tanto a França... hahaha

Falando sério: é uma boa iniciativa, mas quem sabe um dia eles passam vídeos de outros países? Nossos hermanos têm películas que merecem mais consideraçao de nossa parte!